NOTÍCIAS



DOR

A DOR, ESSE INCÓMODO SINTOMA

Num organismo em perfeito estado de funcionamento esse sintoma está ausente, não obstante esse sintoma está relacionado com uma imensidade de causas, existindo muitas vezes outras queixas associadas.

Se a dor relacionada com um traumatismo tem uma causa óbvia, na dor aparentemente espontânea, a sua causa é muito mais difícil de determinar.

A dor é um problema transversal a várias especialidades médicas, mas no que se refere à nossa abordagem específica, lidamos com a dor resultante de patologia do Aparelho Locomotor, ou seja resultante de lesões osteoarticulares, musculares e tendinosas, assim como dos nervos periféricos, todavia existem situações em que aparentemente a dor sentida e descrita pelo paciente simula uma lesão do Aparelho Locomotor, mas resulta sim de uma lesão de víscera toráxica ou abdominal ou de outras estruturas do organismo, por exemplo, vasculares.

A titulo informativo, e sem querermos alarmar, apontamos algumas situações; por exemplo uma dor na região lombar pode ter origem num tumor renal ou pancreático, uma dor vertebral pode corresponder a uma infecção na coluna vertebral, uma aparente dor num membro pode resultar de uma compressão de uma raiz nervosa na coluna vertebral, e muitas outras situações da prática clínica que não mencionamos. A dor que interfira nas actividades de vida diária e sobretudo a dor nocturna que acorda o paciente deve ser urgentemente investigada.

É nosso dever ético aconselhar as pessoas a não procurarem situações de facilitismo imediato através de soluções pseudo-terapêuticas com quaisquer alegados «tratamentos» locais sem o problema ser clinicamente avaliado e esclarecido, pois tal atitude pode ter, e muitas vezes tem, consequências nefastas e deve ser categòricamente rejeitada.

Compete aos nossos médicos avaliar clinicamente cada situação, e, formulando uma hipótese diagnostica, requisitar sempre que necessário os exames complementares adequados e estabelecer um plano terapêutico racional, ou orientar para outra especialidade médica em função do diagnóstico.

Na CERMA tem uma equipe de profissionais experientes e dedicados dispostos a ajudar. Se a DOR o incomoda não hesite em nos procurar.

ANTERO FRIAS MOREIRA (Médico Fisiatra – Director Clínico da CERMA)


DOR